icon
Meu carrinho
Carrinho Vazio

FILTRO ÓLEO

Comparar Produto
Filtrar

FILTRO DE ÓLEO PARA MOTOCROSS

 

O filtro de óleo para moto é considerado um dos componentes mais importantes no sentido de garantir a saúde do motor. A sua principal função é a de evitar que os detritos de diferentes terrenos danifiquem e diminuam a vida útil da engrenagem.

 

Função do filtro de óleo

 

O motor é uma peça que acumula muitos detritos, principalmente aquelas sujeiras que vem do ar, como fuligem e areia. Como elas conseguem se infiltrar muito bem dentro dele, o filtro de óleo possui a função de servir como uma barreira contra isso.

 

Além das sujeiras produzidas em ambiente externo, o motor também “fabrica” as próprias impurezas. Existem algumas peças que acabam se deteriorando com o tempo, e esse desgaste natural, principalmente das bronzinas, camisas, anéis e pistões, produzem partículas que danificam a motorização do veículo.

 

O filtro de óleo pode ser de dois tipos diferentes: o refil (cartucho), possuindo apenas o elemento filtrante, e o blindado (estrutura em aço), composto por nove componentes, encaixados para reter todas as impurezas.

 

Troca do filtro

 

A troca do filtro deve ser realizada sempre que ocorrer a troca do óleo, pois em seu interior ele pode reter entre 0,5 e 1 litro de óleo. Isso significa que, se o componente não for trocado, haverá a mistura do óleo novo com o antigo.

 

Assim sendo, o filtro antigo pode trabalhar com a válvula By Pass aberta, o que significa que, quando o óleo novo circular, irá direto para o motor sem que ocorra a  filtração. 

 

Antes da troca do óleo, deve-se verificar se não existem vazamentos e, principalmente, se o filtro comprado é o correto para o veículo. Também é importante usar as ferramentas necessárias para realizar a troca do óleo e evitar futuros problemas.

 

Passo-a-passo da troca do óleo

 

  • Retire a tampa do bocal de enchimento, para fazer escoar o óleo usado. Com o motor quente, tire a vareta e permita a entrada de ar, para facilitar a saída do óleo;

 

  • Use a ferramenta conhecida como chave cinta para soltar o filtro, mas antes verifique se a junta da vedação saiu;

 

  • Retire o bujão do cárter, e deixe o óleo escorrer. Se for preciso, faça a substituição do anel O’ ring. Depois que o óleo escorrer, recoloque o bujão no cárter;

 

  • Antes de instalar o filtro novo, não esqueça de lubrificar a junta de vedação com o mesmo óleo que será utilizado. Imprescindível não usar vaselina ou graxa;

 

  • Não esqueça de rosquear bem o filtro, de forma manual, até ele encostar na base. Não use ferramenta para esse processo;

 

  • Após colocar o óleo novo, ligue o carro para verificar se não ocorreu vazamento.

 

De toda forma, se você não sentir segurança para realizar o procedimento, procure um profissional especializado para fazer esse trabalho.

 

Tipos de óleo

 

Na hora de trocar o filtro, pode ocorrer dúvidas sobre o melhor tipo de óleo para o motor. Eles são divididos entre sintéticos, semissintéticos e minerais. Confira abaixo:

 

Sintético

 

Produto mais robusto, o óleo sintético é livre de contaminantes, mais durável e ideal para ser usado na cidade. Possui como benefícios a alta durabilidade, economia de combustível e melhor custo/benefício.

 

Semissintético

 

Intermediário entre o sintético e o mineral, o óleo semi sintético oferece maior estabilidade térmica e oxidativa, poucos contaminantes na fórmula e melhor capacidade de manter a viscosidade esperada.

 

Mineral

 

Com uma mistura de aditivos e do óleo retirado do petróleo, o mineral é o lubrificante mais comum do mercado. É conhecido por oferecer o menor preço, além de ser um item facilmente disponível no mercado.