icon
Meu carrinho
Carrinho Vazio

COTOVELEIRA

Comparar Produto
Filtrar

COTOVELEIRAS PARA MOTOCROSS

 

As cotoveleiras para motocross são excelentes para auxiliar os pilotos em toda e qualquer modalidade, inclusive nas práticas de off-road. Entretanto, é um equipamento bastante negligenciado, pois sempre é deixado de lado.

O seu uso pode fazer toda a diferença para os pilotos que não se preocupam em controlar tempo ou performance, além de ser um item bastante indicado para amadores que gostam de fazer trilha de moto com os amigos nos finais de semana.

Assim sendo, se você busca um diferencial para se destacar no momento de pilotar, a cotoveleira pode ser uma grande aliada. Inclusive, a sua utilidade pode ser extremamente necessária nos circuitos profissionais, que não contam com equipes e estruturas presentes o tempo todo, para socorrer o piloto em casos de possíveis acidentes.

Utilidade das cotoveleiras

 

Para todos aqueles que praticam o esporte off-road, é importante entender que toda proteção é bem vinda. Como as articulações do corpo são bastante complexas, garantir a sua proteção evitará dores de cabeça que poderão se estender pelo resto da vida.

Esses danos são bastante amenizados, se é prática comum do piloto fazer uso das cotoveleiras. Vale lembrar que os cotovelos são uma das articulações mais importantes do corpo, mesmo possuindo uma estrutura anatômica simples.

Porém, em casos de quedas, as primeiras partes do corpo que entram em contato com o solo, de forma rápida e inconsciente, são os cotovelos (em conjunto com as mãos). Por isso, a chance de eles receberem a maior dose de impactos do acidente é alta.

Imagine a cena: você está pilotando a sua moto por uma trilha, com toda a adrenalina possível, acelerando sem muita preocupação, e acaba se deparando com um obstáculo que interrompe o trajeto de sua moto, e o projeta para o chão. Consegue visualizar o impacto?

Em suma, as cotoveleiras possuem, como função principal, proteger os cotovelos de impactos de diversos tipos. Mas muitos pilotos tendem a negligenciar o seu uso, por considerá-las desconfortáveis ou relacioná-las com a falta de mobilidade.

Entretanto, com todas as mudanças que os modelos apresentaram nos últimos tempos, eles não contam mais com o desconforto ocasionado por modelos utilizados nas décadas de 80 e 90, por exemplo.

Elas passam praticamente despercebidas na atualidade, e oferecem tecnologias específicas que oferecem uma alta capacidade de proteção, sem prejudicar a mobilidade do piloto. Isso sem contar os valores, muito mais acessíveis do que no passado.

Como escolher a cotoveleira

 

A escolha do melhor modelo de cotoveleira para motocross não oferece muitos mistérios. É preciso apenas observar alguns fatores específicos que podem pesar no momento da escolha de um determinado modelo.

O principal deles diz respeito ao valor. Uma ideia muito recorrente entre pilotos é de que não há a necessidade de pagar caro em um item que é deixado normalmente de lado pelos próprios competidores.

Dessa maneira, o ideal é não observar a cotoveleira apenas pela característica do preço. O fator que deve ser considerado como principal aqui, é a relação direta do equipamento de proteção para pilotagem com as necessidades e o gosto pessoal do piloto.

Proteção

Todo e qualquer equipamento de motocross gera um custo diferente, seja pela utilização de diferentes materiais, seja pelas resistências empregadas por esses mesmos materiais na composição das cotoveleiras para motocross.

 

Todo esse processo acaba impactando no nível de proteção que é oferecido pelo produto, pois quanto maior for esse nível, melhor será a absorção dos impactos sofridos, o que favorece a melhoria da qualidade da proteção.

 

Assim sendo, as cotoveleiras mais simples, fabricadas em plástico convencional ou abs tendem a oferecer pouca resistência em relação a possíveis impactos originados por conta de quedas.

 

Dessa maneira, elas são indicadas para utilização em locais que ofereçam maiores possibilidades de atritos ou arrastos, de modo a proteger contra os arranhões e ralados derivados dessas ações.

 

Já aqueles modelos que são fabricados com compostos mais rígidos ou maleáveis, conseguem absorver os impactos diretos de forma elevada, e são indicados para as pilotagens que oferecem riscos de quedas bruscas.

Conforto

 

Manter o conforto, além da questão da proteção, é uma prioridade que todo piloto deseja. Se ele puder aliar os dois fatores em um único produto, melhor ainda. Portanto, se as cotoveleiras conseguem oferecer essas possibilidades, já é meio caminho andado.

 

Os modelos que oferecem espumas macias e respiráveis, e que possibilitam uma maior proteção e absorção de impactos, são os mais indicados para quem realiza trilhas no final de semana.

Já as cotoveleiras consideradas mais leves e menores, e que contam com pouca forração, são indicadas para os pilotos que realizam pilotagens mais curtas, e precisam do maior nível de proteção possível.