icon
Meu carrinho
Carrinho Vazio

ÓLEO / LUBRICANTES

Comparar Produto
Filtrar

ÓLEO LUBRIFICANTE PARA MOTO

 

Algo comum que ocorre com todos os veículos é o desgaste das peças com o passar do tempo. No motocross, o funcionamento delas não é diferente. Assim sendo, é preciso mantê-las sempre lubrificadas, para evitar o surgimento de diversos problemas.

 

O óleo lubrificante para moto é responsável por impedir e minimizar o processo de desgaste das peças. Elas estão sempre em contato direto umas com as outras, e isso pode causar a queda na qualidade das mesmas.

 

Portanto, para que elas continuem a ser consideradas eficientes, o uso dos óleos facilita um melhor funcionamento, além de servir para retirar possíveis sujeiras que se acumulam por conta do manuseio da moto.

 

Troca do óleo

 

O manual do veículo sempre mostra qual o tipo de óleo que deve ser utilizado, mas esse ponto ainda desperta algumas dúvidas. A separação das inscrições de números pela letra W, nos rótulos do óleo, é um fator que desperta muitos questionamentos, por exemplo.

 

Assim sendo, a especificação do óleo deve ser medida pela sua viscosidade mínima e máxima. Dessa maneira, quanto menor for o valor mostrado, mais fino será o óleo e, consequentemente, menos viscoso.

 

Os motores mais novos exigem óleos mais finos, por conta do maior volume de proteção que eles oferecem em curtos espaços de tempo. Já os motores mais velhos exigem óleos mais viscosos, capazes de segurar as impurezas e garantir constantemente a lubrificação.

 

Tipos de óleo

 

O óleo lubrificante pode ser dividido em três tipos diferentes, que apresentam características diversas para o bom funcionamento da moto. São eles:

 

Óleo mineral

 

Mistura de vários compostos, o óleo mineral é obtido a partir da separação de componentes do petróleo. Entretanto, eles desgastam mais facilmente, sendo indicado a sua troca mediante quilometragens menores que outros óleos.

 

Semi sintéticos e sintéticos

 

Os dois tipos de óleos atingem uma viscosidade maior quando expostos a uma alta temperatura. Isso não faz com que percam a capacidade de lubrificação das peças. São indicados para motores de desempenho alto, e sua durabilidade também tende a ser maior.

 

Quando trocar o óleo

 

No geral, a troca é indicada pelos fabricantes de acordo com o tempo de uso, mas existem casos em que os motores mais potentes consomem até um litro de óleo a cada mil quilômetros, por exemplo. 

 

Entretanto, no motocross as motos não contam com odômetro, sendo preciso utilizar o horímetro, ou então, verificar antes do uso da moto como está o nível, coloração e viscosidade do óleo, para que as trocas sejam antecipadas, sem que o motor seja prejudicado.